Assim como Palmeiras, Cruzeiro leva susto em voo

O clima que impediu que o avião do Palmeiras pousasse duas vezes em Mendoza, na Argentina, também dificultou a vida do Cruzeiro. O time, que enfrenta o River Plate em Buenos Aires na terça-feira, sofreu com “balançadas assustadoras”, segundo explicou o zagueiro Dedé.

“Deu umas balançadas lá, assustadoras, muito raio, mas é um bom piloto. Tivemos um bom piloto”, disse, em entrevista ao jornal “O Tempo”, já sabendo o que houve com os palmeirenses.

“Fiquei sabendo, é um dos nossos medos antes de entrar no avião, principalmente o cara que, todos têm medo na verdade, mas a gente fica pensando em casa, em filho, esposa, dá um frio na barriga, mas passou da turbulência deu uma tranquilizada”, complementou, segundo o MSN.

O problema do Palmeiras foi mais grave, já que o avião arremeteu duas vezes em Mendoza. A delegação do clube, então, foi para Rosário e depois Buenos Aires.

O Cruzeiro, por sua vez, chegou a Buenos Aires na madrugada desta segunda-feira e faz treino à tarde no CT do Boca, na única atividade antes da partida de terça, às 19h15 (horário de Brasília).

22/07/2019

(Visited 2 times, 1 visits today)